Dica de leitura: A nova classificação Americana para os Transtornos Mentais – o DSM-5

Você ainda tem dúvidas sobre o uso do DSM? O artigo de Araújo e Neto (2014) apresenta as principais mudanças no DSM V para os behavioristas, exemplificando como a Psiquiatria trata dos transtornos mentais e como o Behaviorismo analisa questões de diagnóstico.

RESUMO

Algumas das principais mudanças introduzidas na nova classificação diagnóstica norte americana são apresentadas de modo sintético à comunidade behaviorista. Fruto de estudos de campo que investigaram a validade dos diagnósticos anteriores possui vantagens, mas mostra as falhas que temos ainda no conhecimento dos transtornos mentais. Algumas das principais críticas também são apresentadas.

Leia o texto completo: 

[button link=”http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?pid=S1517-55452014000100007&script=sci_arttext” size=”medium” target=”new” color=”default”]Acessar[/button]

0 0 votes
Article Rating
Avatar

Escrito por Priscila Meireles Guidugli

Graduada em Psicologia, Mestra e Doutoranda em Psicologia do Desenvolvimento e Aprendizagem pela UNESP - Bauru. Especialista em Psicoterapia Breve pelo Instituto Ampliatta. Membro do LADS (Laboratório de Aprendizagem, Desenvolvimento e Saúde) da UNESP – Bauru. Atua nas áreas clínica e escolar atendendo todas as idades, com experiência em dificuldades de aprendizagem e problemas de comportamento infantis, transtornos globais do desenvolvimento, incluindo autismo, além de transtornos psiquiátricos relacionados à ansiedade e depressão.