Boteco Behaviorista 48: Empreendedorismo e Análise do Comportamento

Chega de lenga-lenga! O Boteco Behaviorista começa 2016 perguntando aquilo que todos querem saber mas, muitas vezes, têm receio de perguntar: como ganhar dinheiro com a Análise do Comportamento?

A variedade de aplicações da análise comportamental garante um amplo leque de possibilidades no campo profissional. Seja ele um clínico, um acompanhante terapêutico, um tutor/educador, um perito em avaliação psicológica, um psicólogo escolar, hospitalar, forense, do trânsito, do esporte, organizacional etc, o analista do comportamento, para empreender, precisa estar atento às demandas e demonstrar como seu trabalho é capaz de satisfazê-las.

Quais são os principais desafios para o psicólogo empreendedor, em geral, e para os analistas do comportamento que atuam como profissionais liberais, em particular? O que têm a dizer aqueles que se aventuraram e prosperam na área?

Participantes:

– Bruno Soalheiro (Empreendedorismo para Psicólogos)
– César Rocha
– Denise Lettieri (Grupo Atitude)
– Felipe Epaminondas
– Felipe Leite (Universidade de Fortaleza)
– Helder Lima Gusso (Universidade Federal de Santa Catarina)
– Lidiane Queiroz (Imagine: Tecnologia Comportamental)
– Marcela Ortolan

Arte: Felipe Epaminondas

Texto: César Alves da Rocha

0 0 vote
Article Rating
Avatar

Escrito por Priscila Meireles Guidugli

Graduada em Psicologia, Mestra e Doutoranda em Psicologia do Desenvolvimento e Aprendizagem pela UNESP - Bauru. Especialista em Psicoterapia Breve pelo Instituto Ampliatta. Membro do LADS (Laboratório de Aprendizagem, Desenvolvimento e Saúde) da UNESP – Bauru. Atua nas áreas clínica e escolar atendendo todas as idades, com experiência em dificuldades de aprendizagem e problemas de comportamento infantis, transtornos globais do desenvolvimento, incluindo autismo, além de transtornos psiquiátricos relacionados à ansiedade e depressão.