Dica de leitura: O uso de vídeo em intervenções clínicas com pais

O treinamento de pais tem sido apontado como uma das abordagens mais efetivas no tratamento de problemas comportamentais das crianças, principalmente para problemas como desordens de conduta, comportamento opositor e agressividade. No artigo de Moura e Silvares (2008) há uma revisão de literatura e uma discussão sobre o assunto.

RESUMO: O presente artigo tem como objetivo apresentar uma revisão da literatura da área de intervenções clínicas que empregam o vídeo como estratégia de intervenção, principalmente na área de orientação de pais de crianças pré-escolares. Pretende-se, também, apresentar hipóteses funcionais sobre o processo comportamental implícito na obtenção de resultados positivos com o uso deste recurso. Discutem-se as vantagens do emprego do vídeo na otimização das orientações oferecidas, abreviando as intervenções, favorecendo a adesão, reduzindo os custos e levando ao alcance de resultados positivos no menor tempo possível.

Leia o texto completo: 
[button link=”http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?pid=S1516-36872008000100011&script=sci_arttext” size=”medium” target=”new” color=”default”]Acessar[/button]

0 0 vote
Article Rating
Avatar

Escrito por Priscila Meireles Guidugli

Graduada em Psicologia, Mestra e Doutoranda em Psicologia do Desenvolvimento e Aprendizagem pela UNESP - Bauru. Especialista em Psicoterapia Breve pelo Instituto Ampliatta. Membro do LADS (Laboratório de Aprendizagem, Desenvolvimento e Saúde) da UNESP – Bauru. Atua nas áreas clínica e escolar atendendo todas as idades, com experiência em dificuldades de aprendizagem e problemas de comportamento infantis, transtornos globais do desenvolvimento, incluindo autismo, além de transtornos psiquiátricos relacionados à ansiedade e depressão.