Dica de leitura: Intervenção comportamental para crianças com Síndrome de Tourette

O artigo de Piacentini e colaboradores (2010) publicado no JAMA (Journal of the American Medical Association), determinou a eficácia de uma intervenção comportamental  para reduzir a severidade da Síndrome de Tourette em crianças e adolescentes. Os resultados apontam que uma intervenção comportamental abrangente, em comparação com a terapia de suporte e educação, resultou em uma maior melhora na severidade dos sintomas entre crianças com Tourette e tiques crônicos.

Se interessou? Leia o artigo completo: [button link=”http://jama.jamanetwork.com/article.aspx?articleid=185896″ size=”medium” target=”new” color=”default”]Acessar[/button]

0 0 vote
Article Rating
Avatar

Escrito por Priscila Meireles Guidugli

Graduada em Psicologia, Mestra e Doutoranda em Psicologia do Desenvolvimento e Aprendizagem pela UNESP - Bauru. Especialista em Psicoterapia Breve pelo Instituto Ampliatta. Membro do LADS (Laboratório de Aprendizagem, Desenvolvimento e Saúde) da UNESP – Bauru. Atua nas áreas clínica e escolar atendendo todas as idades, com experiência em dificuldades de aprendizagem e problemas de comportamento infantis, transtornos globais do desenvolvimento, incluindo autismo, além de transtornos psiquiátricos relacionados à ansiedade e depressão.