Dica de leitura: Mulher e Depressão – Uma Análise Comportamental-Contextual

A depressão assola cada vez mais pessoas em nível mundial. Temos o auxílio de critérios diagnósticos, mas cada caso é único. O artigo de Correia e Borloti (2011) trata especificamente da depressão da mulher sob o enfoque da Análise do Comportamento!

RESUMO: A depressão é, atualmente, um problema significativo de saúde pública. Pacientes deprimidos costumam passar mais dias longe do trabalho, tornam-se, com mais frequência, clinicamente doentes, apresentam maior risco de suicídio do que as pessoas em geral, entre outros problemas. Entre os diagnosticados como “deprimidos”, o numero de mulheres tem sido duas vezes maior que o de homens. A Análise do Comportamento explica a depressão a partir das contingências presentes no contexto ambiental em que o deprimido está inserido. Este artigo consiste de uma revisão bibliográfica acerca da depressão relacionada à mulher e tem por objetivo discutir essa relação a partir da perspectiva da Análise do Comportamento. Os contextos de gravidez, violência, problemas de saúde e fatores sócio-econômicos e familiares são analisados neste artigo.

Se interessou? Clique aqui e leia o texto completo: 

[button link=”http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?pid=S0188-81452011000300007&script=sci_arttext” size=”medium” target=”new” color=”default”]Acessar[/button]

0 0 votes
Article Rating

Escrito por Priscila Meireles Guidugli

Graduada em Psicologia, Mestra e Doutoranda em Psicologia do Desenvolvimento e Aprendizagem pela UNESP - Bauru. Especialista em Psicoterapia Breve pelo Instituto Ampliatta. Membro do LADS (Laboratório de Aprendizagem, Desenvolvimento e Saúde) da UNESP – Bauru. Atua nas áreas clínica e escolar atendendo todas as idades, com experiência em dificuldades de aprendizagem e problemas de comportamento infantis, transtornos globais do desenvolvimento, incluindo autismo, além de transtornos psiquiátricos relacionados à ansiedade e depressão.