Filmes e Análise Experimental do Comportamento

Eu já vi muitas pessoas reclamarem do Laboratório de Análise Experimental do Comportamento (confesso que também reclamei! rsrs). São queixas frequentes dos alunos dizerem que não conseguem visualizar na prática pra que serve privar o rato de água ou comida ou modelar o comportamento de pressionar a barra, o que é controle aversivo e por aí vai… A verdade é que a maioria não consegue transpor processos básicos aprendidos no laboratório para os humanos que futuramente atenderão em seus consultórios, é um repertório difícil de exigir do aluno logo nos primeiros semestres do curso! A pesquisa de Damiani, Rubio e Chippari (2000) retrata uma experiência didática diferente na qual ensinaram os processos de controle aversivo por meio de filmes. As contingências de ensino proporcionadas aos alunos resultaram na ampliação do método laboratorial tradicional e inspira docentes para buscar formas inovadoras de ensino. Vale muito a pena a leitura!

OBS: Sim Pessoal, esta sou e meu ratinho quando tive aula no Laboratório de Análise Experimental do Comportamento da Unesp – Bauru!!! hehe

Leia o texto completo:

[button link=”https://www.academia.edu/6433332/Utilizando_filmes_no_ensino_de_an%C3%A1lise_experi-_mental_do_comportamento” size=”medium” target=”new” color=”default”]Acessar[/button]

0 0 votes
Article Rating
Avatar

Escrito por Priscila Meireles Guidugli

Graduada em Psicologia, Mestra e Doutoranda em Psicologia do Desenvolvimento e Aprendizagem pela UNESP - Bauru. Especialista em Psicoterapia Breve pelo Instituto Ampliatta. Membro do LADS (Laboratório de Aprendizagem, Desenvolvimento e Saúde) da UNESP – Bauru. Atua nas áreas clínica e escolar atendendo todas as idades, com experiência em dificuldades de aprendizagem e problemas de comportamento infantis, transtornos globais do desenvolvimento, incluindo autismo, além de transtornos psiquiátricos relacionados à ansiedade e depressão.