Dica de leitura: Saiba mais sobre “reforçamento automático”

Já ouviu falar em reforçamento automático? Saberia como intervir e elaborar estratégias de mudança?

No artigo “Reforçamento automático: estratégias de análise e intervenção”, os autores Barros e Benvenuti avaliam criticamente a noção de reforço automático a partir de uma revisão de estudos selecionados que exploram a questão dos comportamentos mantidos por reforçamento automático, apontando algumas estratégias empíricas recentes delineadas para a avaliação e tratamento desses comportamentos. Essas estratégias contribuem para uma discussão da noção de reforço automático e para a elaboração de procedimentos aplicados baseados em reforçamento positivo.

Leia o texto completo:

[button link=”http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?pid=S0188-81452012000200004&script=sci_arttext” size=”medium” target=”new” color=”default”]Acessar[/button]

0 0 votes
Article Rating
Avatar

Escrito por Priscila Meireles Guidugli

Graduada em Psicologia, Mestra e Doutoranda em Psicologia do Desenvolvimento e Aprendizagem pela UNESP - Bauru. Especialista em Psicoterapia Breve pelo Instituto Ampliatta. Membro do LADS (Laboratório de Aprendizagem, Desenvolvimento e Saúde) da UNESP – Bauru. Atua nas áreas clínica e escolar atendendo todas as idades, com experiência em dificuldades de aprendizagem e problemas de comportamento infantis, transtornos globais do desenvolvimento, incluindo autismo, além de transtornos psiquiátricos relacionados à ansiedade e depressão.