Novo número do Ijobas já está disponível!

Neste número são apresentados quatro artigos. Os dois primeiros (Higbee & Brodhead, e Braga-Kenyon, Kenyon & Guilhardi) são derivados da ESPCA (Escola São Paulo de Ciência Avançada – Autismo). No artigo de Higbee e Brodhead, são apresentados vários procedimentos, como esquemas de figuras e roteiros sociais, e esvanecimento de roteiro, para promover sequências comportamentais complexas sem supervisão direta ou acompanhamento por adultos. No artigo de Braga-Kenyon e colaboradores, o assunto é o trabalho colaborativo que analistas do comportamento mantém com profissionais de outras áreas, também envolvidos no tratamento de problemas de pacientes com o transtorno do espectro autista (TEA), também são discutidas questões relativas à comunicação, como lidar com comportamentos auto-abusivos, recusa ou restrição alimentar, o uso de medicamentos psicotrópicos, dificuldades com o sono e aquisição de habilidades. O artigo de J.K. Luiselli faz uma revisão de várias práticas baseadas em evidência para o treino eficaz e para gestão comportamental de cuidadores de indivíduos com TEA. Por fim no artigo de Fryling e Arbogast, a questão em pauta é a qualidade de vida de indivíduos com TEA, índices de satisfação com tratamentos baseados na Análise do Comportamento Aplicada e outros tratamentos são avaliados.

Clique e leia:
[button link=”http://www.ijobasd.org/index.php/IJOBAS/issue/archive” size=”medium” target=”new” color=”default”]Acessar[/button]

0 0 votes
Article Rating

Escrito por Priscila Meireles Guidugli

Graduada em Psicologia, Mestra e Doutoranda em Psicologia do Desenvolvimento e Aprendizagem pela UNESP - Bauru. Especialista em Psicoterapia Breve pelo Instituto Ampliatta. Membro do LADS (Laboratório de Aprendizagem, Desenvolvimento e Saúde) da UNESP – Bauru. Atua nas áreas clínica e escolar atendendo todas as idades, com experiência em dificuldades de aprendizagem e problemas de comportamento infantis, transtornos globais do desenvolvimento, incluindo autismo, além de transtornos psiquiátricos relacionados à ansiedade e depressão.